FBI CONTROLE CIA: BIZARRO "

FBI CONTROLE CIA


Mostrando postagens com marcador BIZARRO. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador BIZARRO. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Academia que permite malhar pelado chega ao Brasil

Ninguém usa roupa na Academy Freestyle - Foto: Reprodução



Ninguém usa roupa na Academy Freestyle
Reprodução

Resultado de imagem para Academia que permite malhar pelado chega ao BrasilQuem gosta de ficar peladão vai poder estender o hábito para mais um lugar: a academia. Isso mesmo, a Academy Freestyle, que propõe a malhação sem roupa, deve chegar ao Brasil em outubro.
A primeira franquia da rede será instalada em São Paulo. Por enquanto, não há informações sobre a implantação em outras cidades.
A proposta do estabelecimento é que todo mundo faça as atividades físicas sem roupa. Para preservar os usuários, não é permitido fazer fotos e vídeos no ambiente. 

E você, teria coragem?academia-nudez-malhar-pelado

Malhar pelado: tendência?

A prática de exercícios físicos sem roupa não é novidade no mundo. Antes da década de 1960, nos Estados Unidos, exigia-se que a prática de natação fosse feita sem trajes de banho – pouco tecnológicas na época -, com base na higiene e na potencialização do ato esportivo. (Não deixe de conferir: Estudo define tamanho médio do pênis após analisar 15,5 mil homens)
Atualmente, a moda de se praticar exercícios pelado voltou à tona com o “naked crossfit”, que, inicialmente, foi apenas uma piada de uma academia na Dinamarca. No entanto, a procura foi tão grande que os donos abriram a nova modalidade. Só que o assédio era muito grande e fez com que a ideia não durasse.
Uma academia de yoga, em Nova Iorque, Estados Unidos, tem turmas da modalidade para quem gosta de praticar exercícios pelado. 
 fontes ;

sábado, 18 de novembro de 2017

A monstruosa cobra que caçava na América do Sul




Cientistas descobriram recentemente uma enorme serpente pré-histórica, medindo 14 metros. A maior cobra conhecida, até então, mede metade disso.


Cerca de 58 milhões de anos atrás, essa serpente enorme deslizava pelas selvas pantanosas da América do Sul, reinando sua região com terror. Pesando mais de uma tonelada e medindo 14 metros, o réptil gigante podia engolir um crocodilo inteiro sem ficar com barriguinha.
Alguns anos atrás, os cientistas nem sabiam que esse monstro existia. “Nunca em nossos sonhos esperaríamos encontrar uma cobra de 14 metros”, disse o cientista Carlos Jaramillo, parte da equipe que fez a descoberta.
Os cientistas acreditam que a serpente, nomeada Titanoboa, era parente distante da anaconda e da jiboia. Apesar disso, não era venenosa. Ela esmagava a sua presa com uma força de constrição de aproximadamente 28 quilos por centímetro quadrado.
Os fósseis foram descobertos em uma escavação na enorme mina aberta de carvão Cerrejón, no norte da Colômbia. Em 2002, os cientistas tinham descoberto no mesmo local os restos de uma floresta tropical da época Paleoceno (65 a 55 milhões de anos atrás).




Bem como folhas e plantas fossilizadas, os pesquisadores desenterraram répteis tão grandes que desafiavam a imaginação. “O que descobrimos foi um mundo gigante de répteis perdidos – tartarugas do tamanho de uma mesa de cozinha e os maiores crocodilos na história dos fósseis”, disse Jonathan Bloch, especialista em evolução de vertebrados da Universidade da Flórida, EUA.
Na época, eles também descobriram vértebras da serpente colossal. “Depois da extinção dos dinossauros, este animal, a Titanoboa, foi o maior predador na superfície do planeta por pelo menos 10 milhões de anos”, explicou Bloch.
Mas os cientistas precisavam do crânio da cobra para obter uma imagem completa de como o animal era, o que comia e como isso podia estar relacionado com espécies modernas.




No ano passado, uma equipe partiu para tentar encontrá-lo, com poucas expectativas de sucesso. Os ossos do crânio de uma cobra são frágeis, e poucos sobrevivem. Quando o animal morre, o tecido conjuntivo se decompõe e todos os ossos individuais geralmente dispersam. Como a Titanoboa é muito grande e seus ossos do crânio também são, é uma das poucas cobras que deixam registro fóssil.
A equipe conseguiu recuperar os restos mortais de três crânios, e o réptil pode ser reconstruído com precisão pela primeira vez. Uma réplica em tamanho real está em exibição no Museu de História Natural Smithsonian, em Washington, EUA.
Cobras enormes x mudança climática
Além da emoção de descobrir uma nova espécie de cobra enorme, o réptil pode dizer aos cientistas muito sobre a história do clima da Terra, e oferecer um vislumbre dos possíveis efeitos do aquecimento global hoje.
As serpentes são incapazes de regular sua própria temperatura e dependem de calor externo para sobreviver. “Achamos que a Titanoboa era tão grande porque era muito mais quente no equador depois que os dinossauros morreram 60 milhões de anos atrás”, conta Bloch.
A temperatura permitiu que os répteis em geral fossem maiores. Essa capacidade de prosperar em um clima quente pode ser relevante hoje em dia, pois as temperaturas globais estão subindo.
“É prova de que os ecossistemas podem prosperar em temperaturas nos níveis que estão sendo projetados para os próximos cem ou duzentos anos”, diz Bloch.
Mas não espere ver uma cobra gigante por aí só porque está ficando mais quente. As mudanças climáticas que produziram a Titanoboa levaram milhões de anos, e, apesar de ser possível um retorno da espécie, é improvável que você veja uma.
Além disso, os cientistas não sabem ao certo quais os efeitos da mudança brusca de temperatura. “A biologia é surpreendentemente adaptável. Mudança de clima e mudança de continentes são os combustíveis da evolução. Mas as coisas que acontecem muito rapidamente podem resultar numa mudança não muito positiva”, pondera.
Outra lição aprendida com o estudo foi que, além de ser mais quente, os níveis de CO2 eram também 50% mais elevados durante o período da floresta de Cerrejón.
“Descobrimos que as plantas tropicais e os ecossistemas em geral têm a capacidade de lidar com altas temperaturas e altos níveis de CO2, outra grande preocupação com a tendência atual de aquecimento global”, disse Jaramillo. “Talvez as plantas e animais dos trópicos hoje já tenham a capacidade genética de lidar com o aquecimento global”

.[BBC]


Este homem foi engolido por uma cobra para filmar a experiência







Um vídeo recente tem causado polêmica na internet. Aparentemente, o Discovery Channel produziu um show com o título “Eaten alive” (“comido vivo”, em tradução livre), e está promovendo-o com um trailer disponível no YouTube (entre outros canais).
Você pode conferir o trailer abaixo, que já tem mais de 2 milhões de visualizações. O programa terá sua estréia no dia 7 de dezembro nos EUA. Nele, o naturalista Paul Rosolie é engolido vivo e depois regurgitado por uma serpente.

Como uma anaconda mata sua presa?
As anacondas são um tipo de jiboia. Elas e as pítons não têm veneno, dependendo de sua força muscular para asfixiar a presa.



Normalmente, a anaconda usa a boca para prender a presa e então se enrola em torno da mesma, apertando-a e impedindo que a vítima inspire, matando-a por sufocamento.
Depois de sufocá-la, a cobra a engole, inteira
 . Ela consegue isso porque os ossos de sua mandíbula possuem ligamentos flexíveis, permitindo que abra bem sua boca.

Como foi que Paul Rosolie sobreviveu para contar a história?

Os detalhes só serão revelados no documentário, mas aparentemente Paul desenvolveu um tipo de armadura de fibra de carbono que o permitiu sobreviver ao abraço mortal da serpente. Além disso, ele usou um tanque de oxigênio com gás suficiente para permiti-lo sobreviver 3 horas dentro do estômago do animal.Para atrair a atenção da anaconda, Rosolie se cobriu de sangue de porco, e se movimentou próximo da serpente de uma forma semelhante às presas comuns do animal. Segundo ele, é possível convencer uma anaconda a engolir qualquer coisa.

A controvérsia com a PETA

A PETA (organização não governamental que se dedica aos direitos animais) já se manifestou sobre o programa. Segundo a entidade, Rosolie e o Discovery Channel abusaram do animal apenas para ganhar dinheiro fazendo “documentários chocantes”, no mesmo estilo de “Naked and Afraid” (“nu e com medo”, tradução livre), por exemplo.

O show começa com a caçada à anaconda verde, no Amazonas. A seguir, a cobra é enganada para engolir Rosolie inteiro. Dentro do corpo da anaconda, Rosolie, de alguma forma, faz uma filmagem, mostrando o interior da serpente.
    Segundo a PETA, a anaconda deve ter morrido, já que seu corpo não poderia suportar a largura dos ombros de um adulto. Já Rosolie afirma que a anaconda sobreviveu a experiência e que sua maior preocupação sempre foi o bem-estar da serpente.
    Mas como foi que eles convenceram a anaconda a regurgitar Rosolie? Um herpetologista acha que eles devem ter chutado o estômago da serpente. Segundo ele, se feito corretamente, o ato pode convencer a anaconda a regurgitar sem risco para ela. Será mesmo?
    Mesmo que a serpente sobreviva, alguns biólogos apontam que o ato de caçar e engolir uma presa, sem falar na digestão dela, consome muita energia da serpente. Engolir um homem e depois regurgitar, sem repor nenhuma caloria, deixaria a serpente fraca demais para caçar novamente.
    Quanto à motivação, Rosolie afirma que a intenção era chamar a atenção para a ameaça que a serpente está sofrendo com o desmatamento da floresta amazônica. Alguns biólogos acham que existem maneiras melhores de tentar proteger a anaconda – a última coisa que ela precisa é má fama.
    Mas isto é possível?
    A primeira reação ao ouvir falar que alguém foi engolido vivo por uma anaconda e sobreviveu para contar a história é de ceticismo, principalmente se você considerar que a anaconda não engole nada vivo, só morto.
    Será possível enganar uma serpente destas, fazendo-a engolir alguém vivo? Será que uma máscara de oxigênio com 3 horas e uma roupa de fibra é suficiente para sobreviver dentro do corpo da anaconda?
    Será que isto tudo é real, é mesmo um documentário, ou um filme de ficção vendido como documentário?
    O herpetologista Leslie Anthony, autor de “Snakebit: Confessions foa Herpetologist” (“Mordida de cobra: confissões de um herpetologista”, em tradução livre) disse que a história parece ridícula, assim como outros especialistas, como Gordon Burghard e Jesus Rivas.
    E você, o que acha?

    Atualização

    O programa foi ao ar e a opinião geral é que não precisava tanto, pelo menos não para um programa em que um sujeito começa a ser engolido pela anaconda mas dá para trás assim que o ombro foi forçado pela mandíbula da serpente e o braço ficou dormente.
    Para alguns, este é um mal menor, a anaconda não foi tão estressada como poderia ter sido se realmente tivesse engolido um homem inteiro. Mas para os espectadores, foi uma decepção, ninguém esperava que depois de um programa de uma hora e meia o final prometido não fosse entregue.
    No final das contas, ficou um programa de uma hora e meia ensinando as pessoas a ter medo de anacondas, e não de respeitarem a mesma e pressionarem pela preservação do ambiente em que vive este magnífico animal. O filme Anaconda faz o mesmo e com mais arte.
    E o pior? Nem uma palavra sobre o sofrimento da anaconda e o risco que ela correu de morrer. Ou os danos e traumas físicos que ela teve durante a tentativa fracassada. Ela teve que se sentir ameaçada para atacar um homem adulto, começou a engolir e foi obrigada a regurgitar. Provavelmente teve problemas decorrentes disso.
    este-homem-foi-engolido-por-uma-anaconda (1)
    este-homem-foi-engolido-por-uma-anaconda (4)
    este-homem-foi-engolido-por-uma-anaconda (2)
    este-homem-foi-engolido-por-uma-anaconda (1)





    Rato ganha cérebro robótico que funciona normalmente










    Uma nova pesquisa de Israel colocou um cerebelo robótico minúsculo dentro do crânio de um rato, em um esforço para ajudá-lo a recuperar movimentos.

    Os cientistas colocaram o cérebro “chip de computador” em um rato com lesões cerebrais, permitindo que o roedor alcançasse uma função normal do corpo.
    O chip de computador é ligado no cérebro do rato com eletrodos, e assimila informação sensorial do corpo do roedor.
    Esta informação é então interpretada, e envia mensagens de volta para o tronco cerebral. As mensagens são retransmitidas para
    o resto do corpo, o que dá ao rato sua capacidade de mover-se normalmente, apesar de sua lesão cerebral.
    Para certificar-se de que o cerebelo robótico estava funcionando, os pesquisadores de Tel Aviv treinaram o rato para piscar quando ouvisse um som. Quando o cerebelo artificial estava ligado, o rato piscava, e quando estava desligado, ele não piscava.

    Segundo os pesquisadores, essa é uma prova de que podemos registrar as informações do cérebro, analisá-las de uma forma semelhante à rede biológica, e devolvê-la para o cérebro de forma artificial.

    Este tipo de pesquisa poderia eventualmente ser usado para criar membros artificiais para amputados.


    Uma vida real; "Monstro Frankisten" acaba de ser criado por cientistas ... Os seres humanos nunca serão o mesmo!




    Os cientistas literalmente saíram do fundo. Em seu último empreendimento, eles estão tentando injetar tecido cerebral humano em ratos. 
    Pequenos pedaços de tecido cerebral humano sendo injetados nos ratos provocaram um grande debate ético entre os cientistas preocupados que dará aos roedores algum tipo de consciência humana.
    Alguns estimados especialistas em ciência afirmam que as experiências podem chegar a um ponto em que os ratos de laboratório de teste terão "direito a algum tipo de respeito". 

    CONTINUE LENDO MAIS;

    Cientistas criam ratos com cérebros metade humanos. Veja como eles se saíram em testes de inteligência;





    Astrócitos
    Astrócitos

    Pesquisadores da Universidade de Rochester, em Nova York (EUA), criaram ratos cujos cérebros são meio humanos. Como resultado, os animais ficaram mais inteligentes do que seus similares.
    A ideia da pesquisa era melhorar nossa compreensão de doenças cerebrais humanas, estudando-as em cérebros inteiros em vez de células em laboratórios.
    Os camundongos alterados ainda tinham neurônios de rato, mas praticamente todas as células gliais em seus cérebros, que suportam os neurônios, eram humanas.
    A equipe extraiu células gliais imaturas de fetos humanos doados e as injetou em filhotes de rato onde elas se desenvolveram em astrócitos, um tipo de célula glial em formato de estrela.
    Embora isso possa soar como obra de ficção científica, não há qualquer possibilidade das células adicionadas transformarem de alguma forma os ratos em mais humanos.
    “As células não fornecem aos animais capacidades adicionais que poderiam ser atribuídas ou percebidas como mais especificamente humanas”, disse Steve Goldman, principal autor do estudo. “Pelo contrário, as células humanas simplesmente melhoraram a eficiência das próprias redes neurais dos ratos”.

    A pesquisa

    Dentro de um ano após a injeção, as células gliais dos ratos tinham sido completamente usurpadas pelas invasoras humanas. As 300.000 células humanas que cada animal recebeu se multiplicaram até chegarem aos 12 milhões.
    “Pudemos ver as células humanas assumirem todo o espaço até o limite”, conta Goldman.
    Os astrócitos são vitais para o pensamento consciente porque ajudam a fortalecer as conexões entre os neurônios, chamadas de sinapses. Seus tentáculos estão envolvidos na coordenação da transmissão de sinais elétricos através das sinapses.
    Astrócitos humanos são 10 a 20 vezes maiores que os de ratos e transportam 100 vezes mais tentáculos. Isso significa que podem coordenar todos os sinais neurais em uma área muito maior do que os astrócitos de ratos. “É como incrementar o poder do seu computador”, explica Goldman.
    Testes de memória e cognição nos animais mostraram que os ratos com astrócitos humanos eram muito mais inteligentes do que seus pares. Por exemplo, em um exame que mediu a capacidade de lembrar um som associado a um leve choque elétrico, os ratos humanizados congelaram quatro vezes mais, ou seja, lembraram quatro vezes mais do evento do que seus colegas. Os pesquisadores concluíram que eles eram estatisticamente e significativamente mais espertos do que os ratos do grupo de controle.

    Futuro;

    Em um experimento paralelo, Goldman injetou células gliais humanas imaturas em filhotes de rato que não produziam tanta mielina, a proteína que protege os nervos.
    Uma vez dentro do cérebro dos animais, muitas das células gliais humanas amadureceram em oligodendrócitos, que são especializados em produzir o material de isolamento. Isso sugere que as células de alguma forma detectaram e compensaram o defeito.
    Isto pode ser útil para o tratamento de doenças em que a mielina é danificada, como a esclerose múltipla.
    A equipe da pesquisa já fez um pedido de autorização para tratar doentes humanos com esclerose usando células progenitoras da glia, e espera iniciar um estudo em 12 a 15 meses. 




    quarta-feira, 15 de novembro de 2017

    Cratera gigante se abre em fazenda no interior de Minas Gerais




    Resultado de imagem para Cratera gigante se abre em fazenda no interior de Minas Gerais
    Buraco em forma de funil teria até 20 metros de diâmetro. Especialista explica que formação é uma dolina, formada pelo desabamento de grutas subterrâneas;



    Dolina se abriu em área de cultivo de soja dentro de fazenda em Coromandel, no Alto Paranaíba, e assustou moradores(foto: Reprodução internet/Facebook )
    Moradores de uma fazenda em Coromandel, no Alto Paranaíba, foram surpreendidos por um fenômeno geológico na semana passada. Um buraco gigante, que teria cerca de 20 metros de diâmetro, apareceu em uma plantação de soja na propriedade. Especialistas da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) estiveram no local e disseram que se trata de uma dolina. 

    A Fazenda Santa Cruz fica a 30 quilômetros da cidade. Segundo o proprietário, Diogo Tudela, o buraco se abriu entre os dias 5 e 6 de novembro, e foi descoberto por um morador. “Você nem imagina o tamanho do susto”, disse. O terreno recebeu o plantio de soja há pouco tempo. O fenômeno nunca havia ocorrido na propriedade. “Foi por isso que a gente procurou especialistas, para sanar a nossa curiosidade e dúvida. Depois vimos que já existem registros na região desse evento”, explicou.



    Imagem relacionada

    O fazendeiro contratou um fotógrafo com um drone para registrar as imagens e facilitar o cálculo do tamanho da cratera. Eles acreditam que o diâmetro é de 15 ou 20 metros. Não foi possível calcular a profundidade. “Nós isolamos. A orientação que nos deram é aguardar o período chuvoso para ver se vai continuar acontecendo (abertura) ou se vai estabilizar. (Disseram) que agora não é hora de tomar nenhuma atitude a não ser isolar a área e, no período seco do ano que vem, fazer uma avaliação. Ver se está aumentando, se está estabilizada, e depois ver o que vai ser feito”, informou. Os especialistas orientaram o fazendeiro a cercar o local mantendo uma distância de segurança da margem. Assim, os lavradores poderão continuar trabalhando. 

    Ainda de acordo com Diogo Tudela, há mineradoras na região, mas ele acredita que a atividade não tenha relação com o fenômeno. “Tem umas jazidas de calcário na redondeza e extração de zinco, mas já estamos na fazenda há 14 anos, nunca tinha ocorrido nada. As edificações na fazenda não têm rachaduras nas paredes, nada que leve a estabelecer um tremor de terra ou movimentação de solo. Acho que não tem nada a ver com a mineração perto dali”, comenta. 


    Resultado de imagem para Cratera gigante se abre em fazenda no interior de Minas Gerais
    O especialista acionado pelo proprietário rural é Gilberto Fernandes Correa, professor de ciências do solo (pedologia) do Instituto de Ciências Agrárias da UFU, que esteve no local acompanhado de um colega do curso de geografia da instituição. Segundo Correa, esse tipo de cratera é chamado de dolina, e tem relação com a dissolução do calcário em profundidade. A passagem da água no subsolo, durante milhares de anos, abre um “vazio” dentro da rocha. “É uma gruta com extensão grande, mas sem abertura. Como o teto dela vai gastando, chega uma hora que não suporta o peso de tudo aquilo que está em cima e, nessas áreas onde está mais fragilizada, acaba rompendo”, explica o professor. “Todas as dolinas são formadas assim: o teto de uma gruta subterrânea que desaba e o que está em cima dela desce”, completa. 
    Resultado de imagem para Cratera gigante se abre em fazenda no interior de Minas Gerais

    Imagens da dolina na fazenda de Coromandel se espalharam pelas redes sociais(foto: Reprodução internet/WhatsApp)

    De acordo com Correa, moradores da fazenda negaram algum movimento ou tremor de terra na região. “A coisa aconteceu silenciosamente. Não teve acomodação perceptível da estrutura geológica”, afirma. Gilberto Correa diz que a dolina da Fazenda Santa Cruz está em evolução,  estima que ela deve ter cerca de 15 metros de profundidade, mas que a parte que cedeu ainda não atingiu a galeria.

    O especialista em solo também chama atenção para um outro episódio ocorrido na fazenda: o córrego que passa pela propriedade secou. O problema foi mencionado pelo fazendeiro Diogo Tudela. Segundo ele, as águas desapareceram em agosto e eles chegaram a pensar que o fenômeno tivesse relação com a seca. Mas, segundo pessoas que moram na área a 70 anos, isso nunca havia ocorrido.  “Essas áreas com substrato de calcário têm drenagem profunda. Então, houve alguma coisa que motivou o aparecimento dessa dolina e que está relacionado com o desaparecimento da drenagem superficial. O ribeirão que drena a microbacia penetrou e secou, coisa que não acontece na nossa região. O fato dele secar é um evento que está seguramente relacionado a essas galerias subterrâneas que tem no calcário que ocorre em profundidade lá naquele área”, disse Gilberto Correa.
    fontes ;



    Cavalo dá coice em veículo e passa a noite na cadeia




    Resultado de imagem para Cavalo dá coice em veículo e passa a noite na cadeia



    Cavalo dá coice em veículo e passa a noite na cadeia

    Resultado de imagem para Cavalo dá coice em veículo e passa a noite na cadeiaUm cavalo passou uma noite na cadeia no município de Nossa Senhora Aparecida, em Sergipe, região Nordeste do País. O animal deu um coice no veículo de uma mulher e foi 'preso' pela Polícia Militar na noite de domingo (12). A prisão foi confirmada pelo comandante do policiamento da cidade. Segundo o proprietário do cavalo 'Faceiro', Wiliam Francisco dos Santos, ele empresou o animal para outra pessoa cavalgar. Em determinado momento, Faceiro se assustou e deu um coice, que atingiu o veículo de uma mulher. "A dona chamou a polícia e um policial pegou o cavalo e o levou para a delegacia”, relatou. Wiliam reclamou que o cavalo "ficou preso em uma cela, como se fosse um marginal". Segundo ele, Faceiro não recebeu água ou comida e não podia se mexer no local por que o local era muito pequeno. A Polília Militar negou que o animal tenha sofrido maus-tratos. Segundo o Capitão Vagno Passos, da Polícia Militar, Faceiro ficou detido porque o dono do animal teria se recusado a assumir a culpa pelo dano causado no veículo da mulher. “Ele ficou na área de serviço, recebeu água e comida e não foi maltratado. Não ficou na parte externa da delegacia porque poderia ser roubado", explicou. Ainda de acordo com a PM, na segunda-feira (13) o proprietário do animal assinou um termo de reponsabilidade sobre o dano causado pelo cavalo, e o animal foi liberado. Veja também: Motorista é preso transportando porco morto em cadeirinha de bebê Médicos liberam visita de cavalo a paciente após cirurgia.


    terça-feira, 14 de novembro de 2017

    Imagem do titanic em um iceberg ao largo da costa da Groenlândia Projeto de artistas suíços












    Gerry Hofstetter, artista de renome mundial, projetou o titanic em um iceberg ao largo da costa da Groenlândia para comemorar o aniversário de 100 anos do naufrágio.


    Ele projetou hieróglifos nas Grandes Pirâmides, uma cruz no pico Matterhorn nos Alpes e outros lugares muito inesperados.
    Hofstetter é um dos artistas leves mais conhecidos que trabalham hoje, seus projetos transformam monumentos, edifícios e paisagens em algo novo. 


    Às vezes, seu trabalho tem um tom sério, como quando ele projetou ursos polares em geleiras derretidas, mas ele também faz luzes divertidas para clientes por eventos como festivais e aberturas. Seu objetivo é realizar shows de luz ou iluminar cada um dos maiores monumentos e maravilhas naturais do mundo.

    Obras adicionais de Gerry Hoffstetter

    Gerry Hofstetter Website

    fontes ;

    Um Humanoid Voador aterrissou ao lado de um polícial que se afastou no medo?




    Ghosts & the Supernatural - Desde o início dos tempos, houve relatos de humanóides voadores. Recentemente, o México tinha uma série de avistamentos de grandes humanoides flutuantes inchados. Algumas pessoas acreditam que esses chamados humanóides não são mais que um grupo de balões flutuando no ar, mas, se isso for verdade, qual é o relato de um humanoide voador que pousou perto de um veículo policial e o policial mexicano que viu um fim - esse humanoide afirmou que parecia uma bruxa diabólica e malvada que tinha um brilho sinistro. Ele estava tão assustado que ele saiu da área e nunca olhou para trás. Abaixo estão vários relatos de humanóides voadores. Os humanóides abaixo não vêm das mentes dos escritores e artistas DC ou Marvel Comics; Eles vêm de pessoas reais como você e eu.

    Van Meter Criatura. A cidade de Van Meter, Iowa, passou a ser sitiada em outubro de 1903. Recebemos relatórios de uma entidade que tem asas membranosas maciças. Também tem um bico e um chifre brilhante na cabeça que emite luz. Testemunhas dizem que essa entidade veio de uma abertura de um moinho da mina Van Meter. Se você acredita na teoria da Terra Oca, então você entenderá que existe um mundo possível dentro da nossa Terra. Um mundo descrito para ter cidades de cristal, discos voadores e muitos humanóides estranhos. O almirante Byrd foi o primeiro que afirmou que entrou em uma abertura na Terra enquanto estava na Antártida e se deparou com uma realidade muito estranha. Uma realidade em que um OVNI capturou seu avião por um tempo e arrastou seu avião mais fundo para o abismo. É difícil entender como esse grande aventureiro e explorador fabricaria tal história, a menos que realmente acontecesse. Também é dito que nas profundidades subterrâneas da Terra é onde Bigfoot leva residência. Muitas lendas indianas locais e até mesmo as Tabletas da argila Suméria fazem referência de homens selvagens ou Bigfoot vivendo nas cavernas profundas do nosso planeta.

    Valquíria de Voltana. Voltana é uma pequena vila aninhada nas montanhas remotas e cênicas de Pirinéus da Espanha. Em junho de 1905, houve vários avistamentos que ocorreram. A localização era um epicentro para uma série milagrosa de eventos. Uma mulher vestida de branco, com longas cortinas de apego, voou pela cidade de Voltana. Quando você tem várias testemunhas, a história deve ter algum tipo de fundamento da verdade.

    Arsenyev's Flying Man: o homem militar Vladimir Klavdiyevich Arsenyev. Em 1906 fez algumas expedições científicas na região montanhosa de Sikhote Alin. Seu trabalho era mapear e documentar o deserto inexplorado e temperado ao máximo de sua capacidade. Você pode dizer que ele foi o precursor dos gostos do mapeamento do Google. Enquanto estava em uma de suas expedições, encontrou-se com um alienígena voador estranho que tinha uma forma humana distinta e, com aquela forma humana, as grandes asas de morcego. Outro incidente, a família Ivanitzsky encontrou uma pequena criatura alada sob a cama de seus filhos. A família de Ivanitzsky entrou em pânico, mas eles sabiam que tinham que se livrar da criatura, então eles finalmente conseguiram matar essa abominação com produtos químicos domésticos. A criatura que viram tinha asas de couro de cinco pés, três garras com dedos, pele azul, e um primata plano como rosto com olhos grandes e boca sem lábios. Tudo isso ocorreu perto e ao redor de Petersburgo, na Rússia.

    Anjos de Mons. WWI. 23 de agosto de 1914, as forças expedicionárias britânicas pressionam fortemente as linhas de frente alemãs. Regimento de anjos ajudou os 

    britânicos de acordo com a lenda. Arthur Machen escreveu uma história sobre arqueiros fantasmas liderados por St. George e talvez essa história tenha sido confundida com as Forças Expedicionárias Britânicas e a história do regimento dos anjos. Muitos estudiosos que estudaram este caso acreditam que este é o caso. 

    Kazakhstan Flying Humanoid: Na cidade de Pavlodar, na Cazaquistão, uma menina estava passeando para a escola, afirmou que viu um homem de tamanho médio com macacão preto e que colocava um capacete que ocultava seu rosto. Usando uma mochila oval nas costas, este humanoide voador emitiu um ruído ruidoso.

    Pássaro de macaco voado do bastão da Grã-Bretanha: testemunha Jacki Hartley. Visto várias vezes por Jacki e tinha os atributos de 3 animais, morcegos, pássaros e macacos. Jacki estava alucinando ou ela realmente viu essa criatura? De todos os relatórios, ela parece ser a única que viu essa criatura. Esta criatura poderia ser demoníaca na natureza e era apenas um anexo que Jacki tinha? 



    Madison Birdman: Lisa Letanosky. Junho de 2012. Madisonville, Tennessee. Lisa afirma que essa criatura parecia um Pterodactyl. Houve outras testemunhas desse evento, o que torna a história de Lisa parecer credível.

    Lechuza do México. Uma bruja (bruxa) usa magia negra para se transformar em um monstro semelhante a um pássaro. Esta lenda tem sido durante muito tempo e, quando falamos com os habitantes locais, eles acreditam absolutamente nesta lenda como a verdade sólida. Alguns habitantes locais acreditam que, se você deixar seu filho sem vigilância, o Lechuza do México vai arrebatar seu filho e levá-lo para um destino desconhecido. 

    Gwrach-y-Rhibyn. Folclore galês. Night Hag ou Slobber Witch. Voa baixo sobre a água. Veste manto preto. Quando viajei para Cardiff, País de Gales e sentei e tomei uma cerveja com alguns dos habitantes galeses, eles contam esta história com vigor, é uma história que eles realmente acreditam ter alguma verdade nele.

    Tocha humana da Floresta Negra: durante os dias medievais, um homem que parecia estar em chamas foi voando em torno de uma aldeia na Floresta Negra e finalmente veio a descansar num campanário da Igreja. Os habitantes da cidade foram para a Igreja e começaram a atirar pedras contra esse homem voador em chamas. A tocha humana da Floresta Negra finalmente partiu, para nunca mais ser vista novamente. 

    Owlman: Visto perto da floresta pela Igreja Mawnan. Perto é o antigo movimento de terra acima do rio Helford, na Cornualha, adjacente à Baía de Falmouth. Também é vista serpente marítima conhecida como Morgawr. O Owlman com a cabeça de uma coruja, o corpo de um homem e as asas de uma coruja foi visto por várias testemunhas. Algumas pessoas afirmam que, se testemunharem o Owlman, haverá uma morte em sua família em breve.

    The Hovering 12 Foot Angels: Durante um longo voo, o piloto, o co-piloto eo navegador de um avião de carga testemunham anjos no céu. Eles afirmam que os anjos tinham asas, 12 pés de altura e estavam simplesmente pairando no ar. Os anjos estavam em um círculo voltado um para o outro, como se estivessem tendo uma espécie de reunião no ar.

    Mothman de The Tower Bridge: Todos conhecemos o Mothman of Point Pleasant e há histórias de que este prenúncio da desgraça foi visto antes do 11 de setembro. Mark Greer (residente de Sacramento) e outras duas testemunhas em Sacramento que querem permanecer anônimo de que viram um tipo de criatura de Mothman ao longo das margens do rio Sacramento. Mark afirma que viu o Mothman em cima da Tower Bridge. Tudo isso foi relatado na Notícia 10. As outras duas testemunhas não queriam ser identificadas, devido ao fato de que não queriam ser ridiculizadas em relação à sua reivindicação de avistamento. Se o Mothman é um prenúncio da desgraça, deve-se notar que nada desastroso ocorreu em Sacramento após os avistamentos. A única ocorrência desastrosa em Sacramento e no estado da Califórnia foi o nosso fiasco do orçamento do Estado.

    Flying Light Being de Greenwood, Indiana. 1996, Pricilla Jiron e Sharon Jansen testemunharam uma luz estranha no céu noturno. No início, eles pensaram que era um OVNI devido ao comportamento errático de vôo da luz. A luz voadora aproximou-se deles e depois passou. As duas mulheres podiam ver claramente que a luz era na forma de um homem, tinha uma cabeça, braços, mãos, pernas e pés. Esta criatura era feita de luz pura. Enquanto eles observavam, a luz voadora estava colocada palmas para baixo e, das palmas das mãos dessa entidade, um raio de luz irradiando disparou para baixo como se fosse a força que impulsionou a entidade a voar diretamente para o céu noturno. Isso é exatamente o que aconteceu, depois que o feixe de luz disparou para baixo, a entidade disparou no céu e, em um piscar de olhos, desapareceu.

    The UFO Alien: O site chamado "High Strangeness" informa sobre um OVNI que era um alienígena real e você pode ler sobre isso aqui: http://www.highstrangenessufo.com/2014/05/the-ufo-that-was- alien.html

    Aqui está você, uma listagem de alguns dos principais casos de humanoides voadores da Esoteric Library of the Strange. 

    Paul Dale Roberts, HPI Detetive Esotérico, Hegelianismo Inteligência Paranormal (Internacional) 

    http://hegelianismparanormalintelligence.com/
    Fontes ;


    domingo, 12 de novembro de 2017

    Homem afirma ser viajante do tempo de 2062 e faz previsões de como o mundo será no futuro








    Suposto viajante do tempo de 2062 divulgou sua foto em seu site oficial. Foto: Reprodução

    Um vídeo postado no youtube pelo canal Assombrado (veja o vídeo) tem causado alvoroço na internet. Um suposto viajante do tempo afirma que chegou ao Japão no ano de 2010 para alertar os habitantes do país sobre os riscos de terremotos e permaneceu no nosso tempo atual até 30 de agosto de 2016 realizando nova revelações, entre as quais, a de como será o mundo em 2062.
    O viajante possui um site oficial criado para trazer algumas informações, como uma linha temporal de publicações sobre ele, entrevistas e uma relação de representantes do homem do futuro presentes no nosso tempo. Em seu site o "homem do futuro" afirma ter 39 anos, 1.78 cm de altura, 72 kg e diz gostar muito de comédia japonesa.
    Antes de ir para o futuro o viajante deu diversas entrevistas para grandes veículos japoneses, como o site RocketNews. Ele afirma que no futuro o mundo usará basicamente a energia solar, os carros serão voadores e farão até dez mil quilômetros com um litro de gasolina, a medicina será altamente avançada e focada na genética, com poucas pessoas morrendo por conta de enfermidades. Além disso ele deu dicas de como é sua máquina do tempo, afirmando que "não poderia revelar todos os detalhes pois isso iria ferir algumas leis, mas que a viagem e máquina tem a ver com buracos de minhocas e um carro".
    Listamos abaixo algumas previsões do viajante:
    Moda



    As roupas possuem diversos gadgets por toda superfície, que brilham e piscam. Na humanidade de 2062 os cortes de cabelo e a linguagem sofreram grandes mudanças em relação ao ano de 2016.
    Modo de andar
    Os humanos de 2062 mudaram sua forma de caminhar, saltando ao andar, como se possuíssem molas nas pernas.
    Viagens espaciais
    A viagem ao espaço em 2062 é algo tão corriqueiro quanto uma viagem de avião para outro país nos dias de hoje.
    Energia
    A principal fonte de energia é a solar. Quase 100% do consumo é obtido dessa forma.
    Carros
    Em 2062 os carros andam 3 mil quilômetros com um litro de combustível. O viajante afirma que já existem registros de veículos que rodaram 10 mil quilômetros com um litro. Além disso, o homem do futuro é categórico em dizer que carros voadores são veículos normais no futuro.
    Terceira guerra mundial
    Questionado acerca da terceira guerra mundial, o viajante frisa que não tem autorização para falar quando irá ocorrer.
    Terrorismo
    O viajante afirma que em seu tempo existem terroristas e que de alguma forma eles viajaram até nossa época e estão influenciando vários governos do mundo. O viajante afirma que existe uma polícia do espaço-tempo que está atras desses terroristas.
    Extraterrestres
    O homem do futuro afirma que em sua época a interação entre humanos e alienígenas é algo normal, e que sem a cooperação do extraterrestres não se teria o avanço tecnológico que se dispõe em 2062. Além disso o relacionamento entre humanos e ETs é algo tão corriqueiro a ponto de ocorrer casamentos e nascimentos de crianças "hibridas".
    JOHN TITORExistem algumas pessoas que alegam ser viajantes do tempo e que voltaram para a nossa época para os mais diversos fins. O mais famoso deles é sem dúvida o John Titor, que alegava ser um viajante no tempo do ano de 2036 com a missão de buscar um computador obsoleto, pois só o mesmo sabia realizar um cálculo que salvaria a humanidade no futuro. Enquanto fazia isso, no final da década de 90 início dos anos 2000, ele conversou com algumas pessoas em fóruns e postou diversas previsões sobre eventos que aconteceriam num futuro próximo, entre 2004 e 2036. Até hoje, a história é forte, sendo presente em diversas mídias, como livros, peças de teatro e mangá.