FBI CONTROLE CIA: Resultados da pesquisa FITNESS "

FBI CONTROLE CIA


Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta FITNESS. Classificar por data Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta FITNESS. Classificar por data Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Brasília Capital Fitness espera receber 80 mil pessoas





Evento vai contar com 40 expositores, 28 módulos de cursos e espera gerar mais de R$ 40 milhões em negócios;
A 24ª edição do Brasília Capital Fitness espera gerar mais de R$ 40 milhões em negócios. O evento ocorre no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, entre 28 de setembro e 1º de outubro, com mais de 40 expositores do mundo fitness, 28 módulos com cursos e palestras voltados para as necessidades dos empresários do setor, além de competições e treinos especiais.
No entanto, se engana quem acredita que o evento é voltado apenas para empresários e profissionais do segmento. Pessoas interessadas em manter um estilo de vida saudável pode aproveitar o acesso gratuito ao evento para participar, por exemplo, de aulas de zumba, kangoo jumps, fit dance e, claro, conhecer as últimas tendências do mundo fitness com mais de 40 expositores.
CapacitaçãoO BCF oferece também 28 módulos de capacitação para os profissionais da área. Destaque para o Módulo de Gestão, que terá como convidado especial o CEO da Cia Athletica Brasil, Richard Bilton, e o ex-nadador Gustavo Borges. Com carga horária de 12 horas, o módulo irá abordar temas como seleção de bons profissionais, marketing eficiente e ações de baixo custo que melhoram as vendas.
Outros dois pontos fortes do eixo de aprendizagem são os módulos Personal de Negócios (PDN) e o Empreendedorismo e Inovação. As palestras e conversas sobre PDN focam no marketing pessoal para aumentar o faturamento e em novidades tecnológicas para personal trainer. Já o segundo, que tem  como objetivo ajudar o empreendedor a lidar com a crise, apresenta casos de sucesso como o de Mônica Marques, que largou o posto de professora de hidroginástica para se tornar sócia da Companhia Athletica.



Já o Módulo de Vendas e Negociação visa treinar recepcionistas e funcionários de academia a lidar com o público e fornecedores. Também há cursos para modalidades específicas como o Strong by Zumba, aula que combina treino intervalado de alta intensidade (HIIT) com motivação por meio de música sincronizada.
O “Encontro de coordenadores de instituições de ensino superior” vai colocar em pauta as principais diferenças entre bacharel e licenciatura no curso. A palestra será gratuita e, para participar, é preciso fazer o cadastramento na secretaria do evento.
O Sebrae também estará presente com palestras sobre divulgação em mídias sociais, franquiamento de negócios, obrigações tributárias de academias e ferramentas para melhorar o visual do empreendimento. As inscrições são feitas direto no site do Sebrae.
ExposiçãoGrandes marcas do mercado como Brookfield, Bio Mundo, Total Health e Probiótica apresentarão novidades em equipamentos de musculação, acessórios de ginástica, moda fitness, softwares, suplementos e pisos esportivos.
Competições;
O BCF também será palco do 5ºCampeonato Brasiliense de Deadlift, Luta de Braço e Supino e da 6ª Copa Capital Fitness de Fisiculturismo, que inclui categorias como fisiculturismo sênior, culturismo clássico e bodyfitness. As inscrições podem ser feitas pelo site da Federação Brasiliense de Fisiculturismo e Musculação.
Além dessas competições, será realizada a 3ª edição do DGAMES Brasil 2017 de crossfit, com premiação de até R$ 2 mil em dinheiro. As inscrições custam a partir de R$ 199.

ÁUREA SPINDOLA
Musa e Mister 2017
O Brasilia Capital Fitness também irá reconhecer o melhor profissional de 2017 nas categorias atividades aquáticas, crossfit e funcional, escolar, ensino superior ginásticas coletivas, lutas e personal training. A votação pode ser feita pelo site do evento.
Os donos de corpos esculturais também poderão ser votados para receber os títulos de Musa e Mister Capital Fitness 2017. Conheça os candidatos:
DÉBORA MARQUES
ISABELE AREBA

BRUNA SABBAG
FRAN SANTOS

FILIPE ANTONIETO
RAVYLA CARVALH





GUILHERME ANDRADE
HELDER
GUILHERME PERCILIANO

PEDRO OLIVAS









Brasília Capital Fitness 2017
Data: 28 de setembro e 1º de outubro
Horário: Quinta (17h às 21h), sexta/sábado (10h às 21h), domingo (10h às 18h)
Local: Centro de Convenções Ulysses Guimarães
Preço: Entrada gratuita
Site: capitalfitnessonline.com.br



sábado, 14 de janeiro de 2017

Musa fitness quer que sua fantasia seja a menor do Carnaval e mostra o 'motivo'

Yasmin Castrillon promete fantasia para causar.Conhecida como “índia fitness”, Yasmin Castrillon quer ser a dona da menor fantasia do Carnaval 2017.


Mãe de dois filhos e com um corpão de dar inveja a muita adolescente, a musa #Yasmin Castrillon promete causar pelas passarelas do samba no Carnaval que se aproxima. A bela, que ficou conhecida como “índia fitness”, diz já ter recebido apoio total de seu marido para pôr em prática essa sua ideia mais ousada: “Meu marido quer mostrar para quem quiser ver o tesouro que ele tem em casa”.
Se você ainda estava se perguntando se o empresário Andres Castrillon, marido da musa, sentia algum tipo de ciúme da bela, a própria Yasmin garante: "Após 6 anos de casados e com dois filhos, o sentimento que temos entre nós é o amor agregado de total confiança um ao outro. Além de sermos marido e mulher, somos acima de tudo melhores amigos".
Atualmente, a bela possui mais de 13 mil seguidores em sua conta no #Instagram e reivindica o título de “índia fitness” que recebeu, revelando que sua bisavó era indígena de verdade e residia em uma tribo de Manaus. Yasmin também comenta que muitas mulheres têm surgido nas redes sociais dizendo ser a “verdadeira índia fitness”, mas que algumas nem mesmo praticam exercícios: "As pessoas me chamam de Índia Fitness na academia, amigos, vi que saíram na rede social algumas índias fitness. Mas Índia Fitness que não malha não rola, né?".
Se você achava que o espaço das musas fitness que fazem sucesso nas redes sociais já estava saturado e que mais nada de novo surgiria deste mundo, agora já pode contar com a ousadia e beleza de Yasmin para dar novos ares e figurar pelos burburinhos que sempre surgem junto com a proximidade das festas carnavalescas.
E qual a escola escolhida pela musa para desfilar sua micro fantasia? Yasmin busca seu espaço na escola de samba carioca Império Serrano! Alguém ainda tem dúvidas quanto ao frisson que a musa vai causar no #Carnaval deste ano? Nós não!
Qual será a fantasia que Yasmin está preparando? Será que ela vai ser tão micro assim mesmo? Pelo jeito, só aguardando a chegada do Carnaval carioca para termos todas essas respostas, não é mesmo?!








sábado, 5 de novembro de 2016

3 exercícios para deixar seu app de fitness em forma

É um momento emocionante para ser um desenvolvedor de aplicativo voltado para health & fitness. Com as pessoas focadas no seu desenvolvimento fitness mais do que nunca, estamos vendo muitas indo a academias com frequência, a ascensão da moda fitness e uma ênfase em dispositivos conectados.
A integração da tecnologia inteligente é proeminente nesse crescimento. Quer seja através de vídeo streaming, wearables ou aplicativos móveis, a tecnologia nos capacita com acesso instantâneo a exercícios de alta qualidade, sensores de biofeedback e uma inspiração on-demand interminável. Na Google Play, nós vimos esse crescimento refletido pela incrível popularidade de aplicativos health & fitness. Na verdade, essa é uma das categorias com crescimento mais rápido de aplicativos da Google Play, estimulando os mais engajados de 30d usuários ativos.
Como perita em health & fitness na Google Play, eu tive a oportunidade de falar sobre o que está impulsionando o crescimento da categoria no recente Wearables Technology Show. Aqui estão as três principais recomendações que compartilhei com o público para ajudar os desenvolvedores a construírem experiências mais valiosas de aplicativos:

#1 Seja invisível

Nós todos sabemos o quão doloroso é fazer manualmente login e biometria com rastreamento de calorias, exercícios, humores ou ciclos hormonais. O logging manual é, na verdade, a razão número um de os usuários desistirem do aplicativo.
O que você deve fazer: minimizar a distração com a automação sempre que possível, maximizando o valor nos momentos apropriados. Lembre-se de que você tem tudo nas mãos para pode acompanhar a experiência do aplicativo no evento principal.
Lose It! torna o rastreamento de comida mais fácil usando a tecnologia da câmera e o reconhecimento de imagem do seu telefone para identificar os alimentos e suas informações nutricionais. Adeus à contagem de calorias manual!
image1
Strava usa a detecção de pausa automática, assim o app é capaz de reconhecer quando você está descansando durante o exercício; desse modo, você não precisa mexer com o seu dispositivo e pode ficar seguro.

#2 Seja pessoal

Investir em uma personalização robusta tem sido o fator motriz de uma melhor interação com o aplicativo e a conversão dos compradores entre muitos dos nossos melhores desenvolvedores.
O que você deve fazer: Personalizar a experiência para cada usuário ou grupos de usuários distintos pela utilização de tecnologias como a API AwarenessAPI FitGoogle Sign In e Facebook Login para puxar de forma inteligente os dados relevantes do seu usuário. Pense nos usuários que estão acessando seu app pela primeira vez, usuários avançados, usuários de alto valor etc., e trate-os de forma exclusiva.
Freeletics personaliza o app e a experiência onboarding, baseado no gênero e no nível fitness, conduzindo a um aumento de 58% na sessões ativas semanais.
image2
Workout Trainer, produzido pela Skimble, aumenta o engajamento do usuário em 30% por meio de personalização de programas de treino baseados em avaliações fitness do usuário, metas e padrões de treino.

#3 Seja assistivo

O crescimento de smartphones, wearables e a Internet das Coisas nos deixou nadando em dados e dashboards, e muitos consumidores se perguntando: e daí?
O que você deve fazer: Oferecer insights e sugestões, e não apenas os dados brutos. Os usuários não são engenheiros e geralmente não querem processar dados ou dashboards complexos. Na maioria dos casos, eles querem que você lhes diga o que fazer no momento ou forneça resumos digeríveis após o fato. Mantenha-se simples.
Glow fornece insights personalizados que são alavancados pelos dados inseridos pelo usuário e os dados de terceiros do Google Fit para ajudar os casais a atingir suas metas de fertilidade.
image3
Beddit dá dicas diárias personalizadas para melhorar seu sono e bem-estar através da análise de ciclos de sono, frequência cardíaca de repouso, respiração, temperatura ambiente, e mais.
No final do dia, a mudança de hábitos de heatlh & fitness é difícil. É necessário tornar isso mais fácil para os seus usuários por meio de orientações sobre o que eles pessoalmente precisam fazer para alcançar seus objetivos. É simples assim ;). Nós encorajamos você a testar esses exercícios para ajustar o seu app para os milhões de usuários do Android que procuram viver uma vida mais saudável, mais feliz.
fontes;http://imasters.com.br/

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Vovó musa fitness: conheça Dona Jacira e seu abdômen trincado

Dona Jacira tem corpo esculpido como o da musa Gracyanne Barbosa

Avó de quatro netos impressiona seus seguidores com corpo esculpido como de Gracyanne Barbosa.





















Além das atrizes famosas da televisão, o público foi conquistado pelas celebridades das redes sociais, e as musas fitness são um exemplo delas. Com milhares de seguidores, estas mulheres mostram sua rotina de exercícios e vida saudável diariamente no #Instagram, Snapchat e afins.
Mas, no meio delas, uma musa fitness vem chamando bastante atenção. Dona de um corpo perfeitamente esculpido, a pedagoga Jacira Noronha, de 57 anos, já é avó de quatro netos, e tem quatro filhos.
Quem pensa que Dona Jacira sempre frequentou academias e que por isto consegue manter tudo em cima, se engana. De origem humilde, a vovó musa fitness começou a fazer academia depois de um grave acidente de moto. Sem ter recuperado totalmente o movimento de uma das pernas e não ver seu músculo responder aos estímulos, ela então resolveu se inscrever para fazer musculação sem a aprovação de seu ortopedista.
Segundo seu médico, seria necessário uma intervenção cirúrgica, mas como Dona Jacira não tinha condições de interromper sua atividade como professora de uma escola pública em Boa Vista, resolvendo então contrariar seu médico e buscar seu recuperação física nos exercícios.
A arriscada atitude de Dona Jacira deu certo e ela acabou se apaixonando pelo mundo fitness, apesar de garantir que não fará companhia para sua filha Karolina Marreiro, fisioculturista que já ganhou o prêmio Miss Universe Fitness USA.
Ao invés disso, Dona Jacira investiu sua paixão para abrir uma academia e voltar a estudar, desta vez o curso de educação física, que poderá ajudar ainda mais na gestão de seu negócio sem atrapalhar os cuidados com a família. Ela ainda afirma que prefere ser considerada a "avó marombada" que chega a fazer exercícios de agachamento segurando 90 quilos nos ombros.
Dona Jacira também já admitiu que depois de longos anos de academia, recorreu a um procedimento cirúrgico chamado abdominoplastia, mas que seus resultados são frutos da alimentação equilibrada e rotina de exercícios diários, inclusive nos finais de semana.
Dando muitos conselhos aos seus mais de 42 mil seguidores do Instagram, Dona Jacira é categórica na hora de orientar que as dietas e exercícios devem ser feitos com acompanhamento médico. Apesar de não ter sido sua primeira atitude quando decidiu ingressar na academia, a dica da vovó musa fitness é certeira.
A vovó fitness é mesmo uma fonte de inspiração para quem está fugindo da academia. Você conhece alguém assim? Então, compartilhe este post com ela!#Saúde #Mulher
fontes;http://br.blastingnews.com/

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Sucesso de vendas, pulseira fitness não faz perder peso

Uma nova pesquisa sugere que um plano de dietas e exercícios é mais efetivo para a perda de peso do que a utilização de um destes dispositivos;
Fitness tracker
Popular entre as pessoas que querem emagrecer e os aficionados de exercícios, as pulseiras fitness, aquelas que rastreiam a atividade física dos usuário, não contribuem para a perda de peso. De acordo com um estudo publicado na terça-feira no periódico científico JAMA, quando o objetivo é emagrecer, seguir um simples plano alimentar e de exercícios é mais eficiente do que o uso do dispositivo.
No estudo, pesquisadores da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, acompanharam 470 pessoas com sobrepeso e idade entre 18 e 35 anos, durante 24 meses. Nesse período, todos os participantes receberam uma dieta de baixa caloria, um programa de exercícios e foram convidados para participar de sessões de grupo semanais.
Seis meses após o início do estudo, metade dos participantes recebeu uma pulseira fitness que rastreia a atividade física dos usuários e envia os dados para um programa de computador. Esses dados também podem ser associados ao plano alimentar do usuário. Na mesma época, os dois grupos passaram a receber sessões de aconselhamento por telefone, mensagens de texto motivacionais e acesso ao suporte on-line. As sessões de grupo semanais foram reduzidas a reuniões mensais.
Os resultados mostraram que os participantes do grupo que recebeu o dispositivo não perderam mais peso que os demais voluntários que precisavam monitorar sua alimentação e exercícios por conta própria. Por outro lado, essas pessoas emagreceram bem menos do que o restante. A média de perda de peso entre as pessoas que receberam a pulseira fitness foi de 3,5 kg, contra 5,8 kg entre os participantes que se automonitoraram.
Vendida com a promessa de ajudar na perda de peso, a  pulseira fornece informações sobre a quantidade de passos dados etapas, atividade física realizada e informações precisas sobre o seu consumo de energia – quantas calorias você está queimando no dia. Além disso, ela tem uma interface on-line que permite ver esses dados de uma forma muito mais detalhada. É possível também acompanhar a dieta. 
“Nós começamos o estudo com a hipótese de que o grupo que usou o dispositivo teria melhores resultados na perda de peso. Então ficamos um pouco surpresos, recuamos e pensamos ‘talvez esses dispositivos não sejam tão eficazes para todos’. Curiosamente, depois de alguns meses as pessoas começam a achar esses dispositivos menos úteis. Eles tornam-se estagnantes. Durou cerca de doze semanas e, em seguida, perderam o brilho. Às vezes, entre os três e seis primeiros meses, eles passaram a usá-las cada vez menos”, disseJohn Jakicic, diretor do Centro de Pesquisa em Atividade Física e Controle de Peso da Universidade de Pittsburgh, à rede americana CBS News.
Apesar da diferença na perda de peso, ambos os grupos apresentaram melhoras significativas na proporção de músculo a gordura corporal, fitness, atividade física e dieta.
Outro estudo, realizado por pesquisadores da Universidade de Washington, também nos Estados Unidos, com 141 pessoas que utilizaram pulseiras fitness em algum momento da vida mas depois cansaram, mostrou que, embora metade dessas pessoas tenha se sentido culpada com essa atitude, as demais se sentiram “livres”.
Entre aqueles que sentiram culpados, o principal motivo para terem deixado de usar o dispositivo foi porque ele quebrou ou foi perdido e não foi reposto. Já naqueles que se sentiram livres depois que pararam de usar a pulseira, a razão alegada para fazer isso foi justamente a falta de motivação para continuar a usá-la ou simplesmente porque se esqueciam de colocá-la.
Quando os pesquisadores fizeram várias recomendações aos voluntários para que voltassem a utilizar o equipamento, aqueles que se sentiram culpados foram muito receptivos a elas. Mas os que já tinham conseguido o que queriam sem a ajuda do dispositivo consideraram as sugestões preconceituosas e inúteis.
“Neste momento, os aplicativos de monitoramento fitness tendem a assumir que as pessoas vão utilizá-los para sempre, e claramente esse não é o caso. Dado que algumas pessoas sentem alívio quando param de usá-los, pode haver melhores maneiras de ajudá-las a dar maior valor aos dados obtidos enquanto usaram o equipamento”, disse James Fogarty, coautor do estudo.
VEJA TAMBÉM;

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Karina Marin posa sexy e fala da preparação para campeonato fitness

Aos 41 anos, diva fitness conta que está confiante para vencer o World Beauty Fashion Fitness e que vai levar marmitas na mala.

 

Com direito a tanquinho à mostra e muitas poses selvagens, Karina Marin protagonizou um ensaio fotográfico bem quente. Nas fotos, a diva fitness mostrou que está com tudo em cima e, aos 41 anos, tem tudo para trazer para o Brasil o título no WBFF (World Beauty Fashion Fitness), campeonato entre atletas fitness que será srealizado no fim do mês em Toronto, no Canadá.
“Nós do Brasil estamos muito bem. Nós temos um corpo completo, com mais bumbum e claro, temos charme. Muito charme! É impressionante, onde brasileira chega ela cativa. Confio na minha vitória, mas se não rolar sei que estará nas mãos de outra brasileira guerreira, afinal a língua oficial do backstage esse ano será o português”, disse ela.
Para não sair da dieta durante a viagem, Karina já sabe o que fazer. "Faço questão de levar minhas marmitas na bagagem, não quero correr o risco de ter que sair da dieta e botar tudo a perder. Irei uma semana antes para me preparar e estou levando na mala também meu marido, minha irmã, alguns amigos e por sorte poderei contar com meu personal que também é atleta e participará do campeonato. Vou com uma caravana!", brincou a atleta.
Karina Marin (Foto: Angelo Pastorello/ M2 Divulgação)Karina Marin (Foto: Angelo Pastorello/ M2 Divulgação)
Karina Marin (Foto: Angelo Pastorello/ M2 Divulgação)Karina Marin (Foto: Angelo Pastorello/ M2 Divulgação)
Karina Marin (Foto: Angelo Pastorello/ M2 Divulgação)Karina Marin (Foto: Angelo Pastorello/ M2 Divulgação)
Karina Marin (Foto: Angelo Pastorello/ M2 Divulgação)Karina Marin (Foto: Angelo Pastorello/ M2 Divulgação)